Júpiter na Astrologia

Júpiter - Impulso de expansão e proteção

Júpiter é o maior planeta do nosso sistema solar e na astrologia está relacionado ao otimismo, expansão e nosso estado de graça, senso de justiça - seja esta criada pelo homem ou uma justiça divina. A nossa relação com o universo na forma de religião e filosofia pode ser proporcionada pelo planeta. O amor pela liberdade, novas experiências, generosidade e expansividade nos permitem crescer mesmo sob desafios. É o Grande Benéfico, astro protetor do zodíaco.

Características e dignidades de Júpiter:


No glifo de Júpiter, um crescente receptivo às percepções superiores está ligado à cruz da matéria, que simboliza a realidade mundana objetiva. Na astrologia, é Júpiter que em correspondência com o nosso Ser nos dá a capacidade de perceber o potencial das coisas, algo que muitas vezes nos leva a uma exploração física ou jornada mental a fim de ampliar nossa experiência consciente, gerando um maior suporte para vivermos nossas vidas.

Há de se manter um equilíbrio entre as energias envolvidas no símbolo. Por exemplo, se o crescente prevalece sobre a cruz, podemos ficar fascinados apenas por aventuras, perder de vista o propósito de nossos empreendimentos e nos tornarmos pouco práticos e inquietos. Se a cruz supera o crescente, podemos nos tornar superficiais demais, materialistas e exagerados. Passamos a não compreender o impacto que o exagero pode causar na própria vida e a dos outros. Quando a cruz e o crescente estão em equilíbrio, canalizamos bem nossas explorações e estado de graça para o uso prático, sem permitir que o pragmatismo extremo e a injustiça ofusquem nossa visão e consideração.

Júpiter desloca-se entre 3 a 5 minutos diariamente, levando aproximadamente 12 anos para atravessar todo o zodíaco e ficando cerca de 1 ano em cada signo. A Casa 9 e a Casa 12 estão associadas a Júpiter, que rege os signos de Sagitário e Peixes, tem sua exaltação no signo Câncer, fica debilitado no signo de Capricórnio. A quinta-feira é o dia da semana associado a Júpiter.

Astrologicamente, o astro possui afinidade com o Sol, Lua e Marte. Quanto as casas, Júpiter expressa melhor sua ação nas casas 1, 4 e 11, podendo trazer resultados muito bons quando posicionado nelas. Também tem a fama de proteger uma casa astrológica - ou dar o máximo dos resultados esperados. Raramente consegue atrapalhar o potencial de uma casa mundana ou signo, mesmo durante um trânsito mais tenso. A casa onde Júpiter está posicionado é onde tendemos a ser otimistas e onde os temas desse setor geralmente fluem mais facilmente e são expandidos.

É a nossa busca por significado e representa as leis, a justiça, filosofia, religião, metafísica e educação superior. Tem potencial para expandir os assuntos do setor em que se encontra, independente da afinidade que possui com ela, podendo com isso ser uma faca de dois gumes: como símbolo de expansão, pode expandir os ganhos, mas também os débitos, de acordo com os significados daquela casa.

Mas Júpiter naturalmente não quer prejudicar nada, apenas tutelar as coisas que são corretas. Indica como são a sabedoria e os valores morais de uma pessoa. É como o nosso lado professor, que dependendo de onde se posicione no mapa, pode ser aquele tipo mais religioso, idealista, espiritualista ou político. As casas aspectadas por Júpiter no mapa mostram onde podemos crescer como seres humanos e quais são os assuntos que vamos atingir um maior espectro de conhecimento e domínio.

O conhecimento de Júpiter está em um nível filosófico, em oposição à inteligência prática do dia-a-dia de Mercúrio. Se Mercúrio, é a inteligência lógica e racional, que opera em um nível mais nível básico de pensamento (como ao operar uma máquina, por exemplo), Júpiter é o conhecimento avançado, a inteligência que sabe o propósito e conhece o esquema dessa mesma máquina.

Para fins de interpretação, Júpiter simboliza o protetor, o pai adotivo ou o tutor, a pessoa que patrocina e estimula as artes, a ciência ou o ensino, aquele amigo influente, o administrador, o religioso, o professor e o educador. As figuras do político, magistrado, jurista, banqueiro e empresário também podem ser simbolizadas pelo planeta, que trata fundamentalmente de crescimento, abundância, expansão, graça, abrangência e ascensão, além de integração, otimismo, confiança e fé. Mostra onde temos mais chances de receber benefícios materiais e por conseguinte expressar generosidade para com os outros.

Outros significados importantes da vida que podem sofrer influência de Júpiter são a riqueza pessoal, o autoaperfeiçoamento, os padrões éticos, a vontade de explorar a vida, o conhecimento acadêmico, como fazemos as coisas quando são em grande escala, o nosso sistema de crenças, esperanças, desejos grandiosos, o nosso apreço por algumas coisas, estado de graça e todas as grandes celebrações felizes. Grandes passos e progressos na vida de uma pessoa geralmente são alcançados quando há toques e bençãos de Júpiter.

Um outro significado derivado de correntes astrológicas tradicionais também diz que Júpiter simboliza o marido (no caso de mulheres heterossexuais), mostrando como geralmente é o companheiro de uma mulher (ou como deve ser o seu comportamento para com ela).

Júpiter também pode impedir um planeta ou casa de dar resultados muito negativos, provendo boas coisas quando em conjunção com a Lua, Marte ou Vênus. Quando o planeta está conjunto a maléficos ou aos nodos lunares, tende a regulá-los, impedindo-os de se expressarem de forma muito negativa, pois é um planeta que consegue controlar tais forças com uma maior eficácia, mas não sem um custo: ao fazer isso, perde parte de sua energia, diminuindo um pouco de sua capacidade de dar os melhores resultados na casa onde está posicionado. Fazendo uma analogia, é como alguém que está segurando um peso para que ele não seja muito esmagador, mas que com isso, fica mais cansado, com respiração ofegante e menos força.

É claro que os aspectos, incluindo as conjunções, operam de uma forma muito mais complexa e dinâmica dentro de um mapa, sendo esta apenas uma compreensão básica desse tipo de interatividade. Júpiter operará de maneira muito singular e única em cada mapa astral.

Quer saber como essas informações te afetam?

JúpiterO que Júpiter pode trazer para o seu mapa astral

Júpiter nos signos do Zodíaco oferece informações sobre crenças e padrões éticos, religiosos e filosóficos de uma pessoa. Mostra como a pessoa manifesta o seu interesse na filosofia e educação superior. Externamente, representa os direitos que o indivíduo tem, enquanto interiormente, representa a fé e a confiança de que tudo dará certo e por isso vale a pena prosseguir. Em um mapa diurno (quando a pessoa nasceu de dia), Júpiter é especialmente mais forte no mapa do que em um mapa noturno.

A posição de Júpiter no mapa astral também indica onde a pessoa demonstra expansividade e onde pode ser capaz de realizar coisas em ampla escala. Indica também como a pessoa compartilha o que lhe foi oferecido e como manifesta a sua generosidade em relação a ordem social mais ampla, recebendo, assim, ajuda e benefícios superiores (ou espirituais). Traz o impulso de unir-se em torno de um ideal ou objetivo comum. Este princípio de colaboração ajuda e torna possível a realização de amplos empreendimentos e progressos sociais. Assim, a casa astrológica onde Júpiter se encontra geralmente é uma casa de sorte e proteção, onde é possível melhorarmos cada vez mais de vida, embora tudo dependerá de nós. Devemos sempre procurar fazer algo para aproveitar seus benefícios.

De 12 em 12 anos, Júpiter retorna à posição inicial do mapa astral e com isso inicia um novo ciclo de oportunidades, benefícios e diversas experiências de crescimento e expansão na vida de cada pessoa.

O lado positivo de Júpiter está ligado ao bom humor, bondade, sabedoria, moralidade, confiança, otimismo, fé, espiritualidade, simpatia, receptividade, extroversão, sociabilidade e inspiração. Sugere também abundância material, generosidade, filantropia, nobreza de caráter, senso de justiça e proteção, vontade de ajudar e apoiar e tolerância.

Já seu lado negativo traz desejos compulsivos e exagerados de ter, de possuir e um comportamento orgulhoso, onde o indivíduo se engrandece e infla seu ego constantemente. Isso dá margem a imprudência, fazendo com que indivíduo passe a confiar demais na sorte assim como a esbanjar, desperdiçar de forma desregrada, despreocupada e sem moderação. Acompanham essas características, outras como negligência, hipocrisia, desperdício, fanatismo, preguiça, otimismo exacerbado, comodismo e extravagância. Os problemas advindos de excessos podem levar ao aprendizado da moderação por vias mais duras através do seu astro antagonista, Saturno.

Júpiter ainda simboliza a exploração e a descoberta, seja material, física, espiritual, intelectual ou mesmo sociocultural. Representa também um conhecimento que temos (ou temos o potencial de obter) e a transmissão dessa aprendizagem. Cria um ambiente protetor que estimula o indivíduo a crescer, transformar em realidade sua obra e transmitir sua visão. É o planeta responsável por abrir as portas para a sabedoria, disponibilizando os recursos necessários, tornando possível para o homem transcender o que é normal, comum. Ele facilita e favorece essa ascensão - nós só precisamos fazer a nossa parte e ajudar no processo de eceber e manifestar a graça.

Como Júpiter também é símbolo de professores, gurus ou líderes inspiradores, os mestres que uma pessoa vai ter durante a vida também tem a ver com o posicionamento de Júpiter no mapa astral. Por exemplo, se Júpiter não estiver muito bem posicionado ou formar aspectos tensos, a pessoa pode ter maus professores e guias na vida, com potencial para ensinar-lhe coisas erradas, assim como possuir crenças vazias, demasiadamente dogmáticas ou não muito válidas.

Júpiter e a noção de que "existe algo maior do que eu"

Em Júpiter o indivíduo também sai de si mesmo para se conectar e se integrar noção de que existe algo maior, que vai lhe dar mais possibilidade e oportunidade para crescer individualmente. Sendo assim, torna possível descobrirmos que há uma existência maior do que a da realidade onde vivemos, do que nós mesmos. É quando descobrimos um mundo além de nós mesmos, cheio de possibilidades de desenvolvimento. Essa relação traz benefícios mútuos e faz com que a gente descubra uma ordem superior que tem o poder de nos proteger, incentivar e abrir nossos caminhos.


O que estão falando sobre Júpiter no Astrolink...


A influência de Júpiter nos Signos

A influência de Júpiter nas Casas Astrológicas

Júpiter e você...

Descubra a importância do astro Júpiter no seu mapa astral.

Crie a sua conta grátis ou efetue o login para saber qual signo ou casa este astro está posicionado e quais são seus benefícios!



O céu no momento...

Segunda-feira, 23 de Novembro de 2020 | 14h06
Sol 01° 52' Sag
Lua
Quarto Crescente
18° 58' Pei
ver ciclo lunar
Mercúrio 17° 25' Esc
Vênus 02° 40' Esc
Marte 15° 50' Ari
Júpiter 24° 45' Cap
Saturno 27° 46' Cap
Urano 07° 46' Tou R
Netuno 18° 10' Pei R
Plutão 23° 05' Cap
Quiron 05° 09' Ari R
Lilith 03° 43' Tou
Nodo Norte 20° 06' Gem R
Aspectos ativosorbe
SolSextilJúpiter7.11
SolSextilSaturno4.10
LuaTrígonoMercúrio1.54
LuaSextilJúpiter5.79
LuaConjunçãoNetuno0.80
LuaSextilPlutão4.12
LuaQuadraturaNodo Norte1.14
MercúrioTrígonoNetuno0.74
JúpiterConjunçãoPlutão1.67
NetunoQuadraturaNodo Norte1.94
Ler mais

Signos no Astrolink

Piscianos    9.05 %
Arianos    8.85 %
Cancerianos    8.78 %
Geminianos    8.68 %
Taurinos    8.62 %
Aquarianos    8.27 %
Virginianos    8.19 %
Leoninos    8.15 %
Escorpianos    8.02 %
Librianos    7.89 %
Capricornianos    7.89 %
Sagitarianos    7.60 %